Páginas

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Seja você mesmo!!!

Conheçamos e prossigamos em conhecer o Senhor(Os 6:3).

Um comercial de TV diz algo mais ou menos assim: "Já pensou se você ligasse para tudo o que as pessoas dizem a seu respeito"(embora o produto propagandeado não seja aconselhável, mas a mensagem passada até que é interessante), pois o ser humano possui grande necessidade de viver com a aprovação dos outros. Assim, muitos têm seu bem estar emocional baseado na percepção visual e verbal recebidos como retorno das pessoas que as cercam.

Na realidade isso gera insegurança pessoal, medo, desconfiança e por fim lança tal pessoa numa grande tortura mental que pode levar a graves conseqüências.

Trata-se, portanto de uma maneira errônea de viver que, além de causar muito sofrimento íntimo e torná-las vulneráveis a chantagem por parte de outros, ainda é uma clara negação do Deus que afirmamos servir.

Ora, se digo que sirvo ao Deus Todo-poderoso e ao mesmo tempo mergulho de cabeça numa situação como a descrita, então estou claramente negando a eficácia de tal poder sobre minha vida!

Não podemos deixar que nossos dias se transformem em sessões de torturas psicológicas motivadas por terceiros que desejam ditar nosso comportamento. Isso nos envenena. Viver sob a aprovação dos outros é não possuir controle sobre a própria vida. Importa obedecer a Deus e não a homens, ou seja, não tenha como base na vida o que os outros dizem de você, mas o que Deus diz de você !

Quando alguém vive muito sensível ao que "os outros" - falam - pensam - dizem e não está certo de sua posição como cristã ou cristão, então se estabelece um cenário perfeito para que as coisas nem sempre saiam da maneira como devem e por fim sempre se achará o "possível" culpado...que pra variar na maioria das vezes é o próprio Deus.

- Deus poderia me ter feito assim...com os olhos e os cabelos de tal e tal cor...
- Seria diferente, caso tivesse nascido numa casa abastada...
- Deveria ter casado com tal pessoa ao invés dessa...e por aí afora vai...
- Eu poderia ser mais inteligente...

O MAIS importante é que devemos nos concentrar naquilo que temos e somos e não naquilo que não temos e não somos. Conforme observamos nas Escrituras Deus chamou cada profeta, cada apóstolo, cada diácono, cada mulher...com o que tinham e o que eram (Romanos 12: 1 ao 7). Aliás, faz questão de frisar que os sãos (os que se consideram completos) não precisam de médico (não precisam de um Salvador), mas sim os que não se consideram completos.

Nada nesse planeta - nenhuma tragédia súbita ou sofrimento prolongado, ou aquilo que pessoas estão dizendo ao nosso respeito - pode nos roubar o ânimo. Podemos desfalecer por algum tempo, (e isso é perfeitamente normal, até mesmo para nos recompor), mas a alegria é sempre introduzida com uma nova fase de maturidade no Senhor, pois ao passar por cada crise, nos tornamos mais experientes, sensatos, prudentes e com fé inabalável.

Sejamos nós mesmos, pois aprouve ao Senhor nos atrair assim a Ele. Sejamos espontâneos e com certeza viveremos melhor, porque viveremos uma vida de realidade e não fantasiosa.

Que Deus abençoe a todos!

Um comentário:

  1. Olá Cícero !!!

    Parabéns pela materia publicada , DEUS O ABENÇOE

    ResponderExcluir