Páginas

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Estudo 2 - Encontros com Jesus – João Batista

Estudo 2 - Encontros com Jesus – João Batista

Algumas pessoas tiveram um grande privilégio: encontrar-se com Jesus e conhecê-lo pessoalmente. Uma dessas pessoas foi João Batista, aquele que veio para preparar o caminho para o Messias. Que veio anunciar a chegada do Reino dos Céus na vinda de Jesus Cristo. João Batista fez algumas descobertas impressionantes a respeito de Jesus.

Leia João 1.19-34

Responda:
1. Os Judeus enviaram de Jerusalém algumas pessoas para falarem com João Batista (v. 19). O que eles queriam saber?
2. O que João Batista respondeu àquelas pessoas? (v. 20, 21)
3. O que João Batista afirmou acerca de si mesmo? (v. 23)
4. O que levava os judeus a quererem saber quem era João Batista? (v. 25)
5. Quando perguntaram a João por que ele batizava, o que ele respondeu àqueles homens? (v. 26, 27)
6. Onde aconteceu esta entrevista com João Batista? (v. 28)
7. O que João Batista disse quando viu Jesus? (v. 29, 30)
8. Qual foi o testemunho que João Batista deu a respeito de Jesus? (v. 32, 34)


Interpretação e Aplicação

1. Por que os sacerdotes e levitas enviaram emissários para perguntarem quem era João Batista? Você crê que eles estavam realmente interessados em saber quem é Jesus Cristo? (v. 19)
Reflexão: Há muita gente que procura saber alguma coisa de Jesus Cristo, mas por mera curiosidade. Você também gostaria de saber mais sobre Jesus Cristo? Qual seria sua verdadeira motivação para conhecer quem é Jesus Cristo?
2. Onde estava o Cristo que os sacerdotes e levitas procuravam? (v. 26)
Reflexão: Jesus Cristo estava tão perto desses religiosos e eles não o conheciam. Você crê que em nossos dias Jesus Cristo continua perto de nós? Por que muitas vezes não o conhecemos como deveríamos conhecer?
3. João afirmou que Jesus é o “Cordeiro de Deus” (v. 29). O que ele queria dizer com isso? O que João Batista disse que Jesus pode fazer como Cordeiro de Deus? (v. 29). Por que ele pode tirar o pecado do mundo?
Reflexão: Quando João Batista afirmou que Jesus é o “Cordeiro de Deus”, estava usando um símbolo do cordeiro que era oferecido a Deus como sacrifício pelos pecados. O que Jesus pode fazer em sua vida como Cordeiro de Deus? Jesus veio ao mundo para perdoar os pecados dos homens.


Conclusão:
1. João Batista descobriu que Jesus Cristo era diferente dos demais homens. Pois ele existia antes de João Batista (v. 30). João não se considerava digno de desamarrar as sandálias dos pés de Jesus (v. 27);
2. João Batista descobriu que Jesus veio ao mundo para ser o Salvador dos homens, perdoando-lhes os pecados. Jesus Cristo é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo (v. 29);
3. João Batista descobriu que Jesus Cristo é o Filho de Deus que veio ao mundo para trazer a vida eterna aos homens perdidos em seus pecados. Jesus é o filho de Deus (v. 34); Você também pode fazer essas mesmas descobertas, hoje, pela fé. Creia que Jesus Cristo está presente. Busque conhecê-lo e ele se manifestará a você. Ele quer ser, em sua própria vida, tudo o que João descobriu acerca dele.



DICIONÁRIO:
Sacerdotes: Eram os responsáveis pela adoração e pelos sacrifícios oferecidos pelo povo. Basicamente o sacerdote que levava as petições dos homens a Deus.
Levitas: Eram os descendentes de Levi, um dos filhos de Jacó que foi o patriarca da nação israelita. Eles constituíram-se na família sacerdotal. Os sacerdotes e todos aqueles que trabalhavam no templo deviam ser levitas.
Elias: Grande profeta do Velho Testamento que não morreu. Elias foi arrebatado ao céu por um redemoinho (2 Reis 2.11);
Fariseus: Era uma espécie de partido religioso que fora organizado no período histórico entre o Velho e o Novo Testamento. Os fariseus caracterizavam-se por enfatizar a obediência irrestrita à Lei de Moisés, bem como às suas posteriores interpretações e desdobramentos que foram acrescentados através dos séculos.
Cordeiro de Deus: Durante todo o período do Velho Testamento, o perdão dos pecados era obtido através do sacrifício de animais, especialmente cordeiros sem defeitos ou manchas, simbolizando o posterior sacrifício de Jesus Cristo. João Batista aponta para Jesus como o último cordeiro a ser sacrificado pelos pecados dos homens. Em função do fato de ser o sacrifício do próprio Filho de Deus, esse sacrifício era final e eterno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário